Material elétrico

5 dicas para evitar curto-circuito

Curto-circuito: além do prejuízo financeiro que pode causar queimando aparelhos, o fenômeno pode provocar graves acidentes. A fim de eliminar qualquer possibilidade de isso acontecer em seus espaços, reunimos cuidados simples que você deve tomar no dia a dia. Confira já!

Há três tipos de instalações elétricas: prediais, comerciais e industriais. A principal diferença entre elas se atribui ao grau de complexidade das instalações, o que envolve a distribuição de potência.

Como se trata de uma parte da construção ou reforma muito importante, é imprescindível o total cuidado na escolha dos profissionais, pois no caso de profissionais não qualificados, sem nenhum tipo de preparo ou conhecimento, não será levado em consideração, por exemplo, a qualidade dos materiais, o que vai gerar problemas a longo ou curto prazos.

Bom, vamos às dicas!

Cuidado ao conectar os aparelhos

Antes de colocar um aparelho na tomada, verifique a quantidade de amperes que ele exige e se é compatível com a própria tomada. Felizmente, hoje, a maior parte dos fabricantes já criam plugs de tomada apropriados para os sistemas. Contudo, se você precisar, em algum momento, de adaptar, saiba que é nessa hora que um curto-circuito pode acontecer. Sendo assim, faça a checagem e evite conectar vários aparelhos em um mesmo extensor de tomada.

Verifique o estado da fiação

Fios descampados ou oxidados, além de tomadas velhas, são chamarizes para um curto-circuito. Por isso de tempos em tempos é importante checar o estado da fiação, principalmente se algum aparelho der sinal de instabilidade.

Manutenção da rede elétrica

Não espere queimar qualquer aparelho para avaliar o estado da fiação. A cada cinco anos, contrate um profissional para fazer a manutenção de todo o sistema elétrico. O eletricista é o profissional qualificado para avaliar itens específicos como bitolas, disjuntores, fusíveis, conexões de caixa, entre outros.

Desligue os aparelhos durante tempestades

Trovoadas e tempestades podem gerar curtos-circuitos. Recomendamos, assim, que você retire os aparelhos da tomada ao sinal de chuva forte.

Atente-se às oscilações

Antes de um curto-circuito propriamente dito, é comum que alguns sinais mostrem que algo está bastante errado na rede elétrica. Por exemplo:

  • Cheiro de queimado;
  • Disjuntores desarmados;
  • Lâmpadas piscando ou queimando;
  • Quedas constantes de energia;
  • Tomadas manchadas de preto;
  • Choques ao encostar nos aparelhos;
  • Aumento substancial na conta de luz;
  • Oscilações constantes;
  • Fios descascados;
  • Alta temperatura;
  • Início de curto-circuito no chuveiro;
  • Poucas tomadas por cômodos;
  • Conduítes pequenos.

Ao notar qualquer um desses sinais, chame um eletricista.

Na hora de planejar uma instalação elétrica, é de extrema importância analisar os vários riscos de um trabalho mal feito, ou mesmo antigo. Justamente as instalações antigas podem estar guardando grandes riscos. Reforçamos que todos os projetos devem estar dentro das normas e especificações estabelecidas pela Norma Brasileira de Instalações Elétricas.

Construções muito antigas costumam apresentar problemas decorrentes da degradação dos materiais – ou até mesmo de instalações incorretas, considerando os avanços tecnológicos. Sabia que o Brasil possui uma das normas mais modernas do mundo? Elas abrangem tanto os produtos elétricos quanto as instalações elétricas. Mesmo assim, na hora da instalação ou da reforma, é necessário fazer um dimensionamento e uma montagem bem atentos.

Fique de olho nos cinco itens e conte com uma loja que entende tudo de qualidade – logo, de segurança.

Por isso, fale com nossos especialistas clicando aqui, e saiba mais sobre material elétrico em nosso blog aqui.

Até a próxima!

Dimensional

Autor deste artigo

Empresa multinacional brasileira de venda e distribuição de Materiais Elétricos, Equipamento de Segurança, Infraestrutura de Rede, CFTV, Serviços Industriais, Automação e Iluminação que atende em todo o Brasil.
Leia também
Material elétrico

Instalação Elétrica: Qual a Importância de Utilizar Emendas e Terminações de Qualidade?

Fios elétricosMaterial elétrico

Qual a importância dos fios e cabos nas instalações elétricas?

IluminaçãoMaterial elétrico

Como escolher a iluminação correta para sala de estar?

IluminaçãoIluminação residencialMaterial elétrico

Ideias de iluminação para apartamento pequeno